O que aconteceu com o Pink Floyd?

O que aconteceu com o Pink Floyd?

27 de abril de 2020 0 Por Carla Gomes
banda pink floyd

Muita gente se pergunta o que aconteceu com o Pink Floyd

Polêmicas, muitos sucessos, fases sem nenhuma novidade. Afinal, o que aconteceu com o Pink Floyd? A banda acabou ou não?

Essa é uma dúvida muito recorrente entre os fãs do grupo. Com uma trajetória marcante, a verdade é que há inclusive gente conhecendo as músicas só agora.

E é sobre o destino dos membros e da banda em si que vamos falar hoje. Confira a seguir!

Entenda como o Pink Floyd se tornou um sucesso

integrantes do Pink Floyd em 1971

Integrantes do Pink Floyd em 1971

O rock progressivo e psicodélico marcou a década de 60. O que aconteceu com o Pink Floyd foi parte de uma tendência de experimentalismo, misturado com uma nova oportunidade. Imagine que, em 1967, os Beatles estavam caminhando para a sua despedida. Havia uma lacuna a ser preenchida em breve. E foi aí que entraram as músicas do grupo.

Para entender melhor, considere a figura de Syd Barrett. Embora a banda tenha nomes como David Gilmour e Roger Waters, foi Syd o primeiro gênio das composições. Na época, existiam outras bandas tentando chegar ao sucesso. A banda King Crimson chegou a alcançar algum destaque, mas faltava alguma coisa. As canções do Pink Floyd, porém, tinham um diferencial. Além de serem psicodélicas e inovadoras, as faixas eram atraentes também o rádio.

O que acontece é que mesmo sendo refinadas, com diferentes ritmos misturados, as canções eram comercialmente viáveis. A banda tinha um estilo acessível. As músicas não pareciam difíceis demais, por assim dizer.  The Dark Side of the Moon possui faixas que muita gente sabe cantar até hoje. Foi assim que o Pink Floyd conseguiu encontrar e estabelecer o seu espaço na música da época.

Com a saída de Syd, existia o risco de que esse poder de alcance pudesse se perder. Entretanto, os álbuns que se seguiram conseguiram manter a mesma pegada. Wish You Were Here e Animals possuem composições marcantes que são hits até hoje. Já The Wall começou timidamente até se tornar um clássico. E não um clássico apenas para quem entende de música, mas também para todos os tipos de fãs.

Saiba o o que aconteceu com o Pink Floyd

banda pink floyd

 A banda nunca teve um final oficial

Se você está se perguntando o que aconteceu com o Pink Floyd, se houve uma despedida oficial e você perdeu, pode ficar tranquilo. A banda nunca teve um encerramento propriamente dito. Na verdade, o começo do fim aconteceu com a saída de Roger Waters.

Em meados da década de 80, Waters decidiu seguir carreira solo.E, para ele, que era o principal letrista, ficou claro que este seria o fim da banda. Entretanto, foi apenas o começo de uma disputa intensa. David Gilmour, Richard Wright e Nick Mason não tinham a menor intenção de interromper o grupo por causa dessa saída. E foi o que fizeram. Continuaram tocando, ainda que em meio a disputas judiciais de grande porte.

Apesar de seguirem oficial com o Pink Floyd, os integrantes remanescentes fizeram uma pausa que durou quase 2 décadas. Nesse período, que culminou com um álbum de inéditas em 2014, aconteceram relançamentos, eventuais apresentações e até um breve retorno. Em 2005, os quatro membros se reencontraram, acendendo a esperança de uma volta da banda, que nunca se concretizou.

Na verdade, o que aconteceu com o Pink Floyd foram eventuais shows ou apresentações esporádicas até 2015. Foi quando Gilmou declarou que tinha certeza que não produziriam mais nada depois desse período. E realmente não houve nenhum acontecimento inédito desde então.

Veja por ondem andam os membros da banda

roger waters encontra david gilmour

Os encontros com David Gilmour nunca levaram a uma reaproximação real

Embora o Pink Floyd tenha encerrado a trajetória, parte dos integrantes se manteve em alta. Tanto Roger Waters quanto David Gilmour seguem fazendo turnês solos, tendo inclusive vindo ao Brasil. Antes da epidemia de coronavírus, existia até mesmo a expectativa de um lançamento de David para os próximos meses. Por enquanto, porém, é cedo para saber quando pode sair do papel.

Enquanto isso, Nick Mason lançou três álbuns que foram reunidos em uma coletânea em 2018. Com uma carreira menos badalada do que dos outros dois colegas, o baterista mantém uma legião de fãs. Ele já chegou a declarar que não entende como David Gilmour e Roger Waters nunca se entenderam, mas que já desistiu de acreditar que isso possa acontecer.

Para Richar Wright, a espera acabou em 2008. O músico faleceu após lutar contra um câncer. Já Syd Barrett morreu em 2006, após anos recluso em Londres e sem qualquer novo contato com a música.

Descubra se dá pra esperar um retorno do Pink Floyd

pink floyd com syd barrett

Um retorno não está nos planos dos integrantes 

Ainda que apenas 3 integrantes do Pink Floyd ainda estejam vivos, as chances de um retorno é pequena. Embora ainda ativos nos palcos, todos estão perto dos 75 anos. Além disso, os conflitos entre Roger Waters e David Gilmour nunca chegaram ao fim. Mason chegou a declarar que o problema é que Waters nunca respeitou Gilmour como compositor e que isso gerou uma ruptura incapaz de ser recuperada.

De tempos em tempos, sempre surge algum boato ou rumor sobre uma volta. Entretanto, nada muito concreto aconteceu nesse sentido.

A verdade é que o que aconteceu com o Pink Floyd foi uma despedida gradual do público. Ainda que muito presentes na vida de muitos fãs, não houve um encerramento oficial e não há qualquer indício de que possa acontecer. Portanto, o que fica é apenas o legado de uma banda que transformou uma geração.

Entendeu melhor a trajetória da banda? Tem alguma dúvida sobre os integrantes ou sobre as músicas? Deixe um comentário e teremos o maior prazer em responder nos nossos próximos artigos!