Pink Floyd – Quem foi Syd Barrett?

Pink Floyd – Quem foi Syd Barrett?

25 de fevereiro de 2020 1 Por Carla Gomes
syd barrett

Músico viveu recluso por anos

O início do Pink Floyd conta com um nome lendário: Syd Barrett. Considerado o responsável pelo sucesso inicial da banda, o músico teve uma trajetória especialmente conturbada. O que você sabe sobre ele?

Um dos fundadores do grupo, Roger Keith Barrett foi o principal compositor de The Piper at the Gates of Dawn, disco de lançamento. Contudo, acabou deixando sua criação poucos anos depois.

E é sobre a trajetória de Syd que vamos falar no artigo a seguir. Confira!

Entenda quem foi Syd Barrett

Syd Barrett, do Pink Floyd

Syd Barret deixou o Pink Floyd após abuso de substâncias como LSD

Considerado o gênio criativo por trás da criação do Pink Floyd, Syd ajudou a definir a música psicodélica. Sua presença na banda como guitarrista, vocalista e compositor durou infelizmente apenas 2 anos. E o motivo está no fato de que muito de suas inovações musicais envolviam o uso de drogas.

Sem dúvida, com uma personalidade especialmente intensa, Barrett sonhava com o sucesso musical, contudo, teve dificuldades quando começou a alcançá-lo. Em sua última entrevista para a Rolling Stones, declarou que tinha Jimmi Hendrix como sua referência. Contudo, estar no palco foi uma experiência muito diferente do que imaginava. “Realmente era tudo o que eu queria quando criança. Tocar guitarra direito e sair pulando. Mas muita gente atrapalhou. (…) O problema era, depois de tocar em um grupo por alguns meses, eu não conseguia atingir esse ponto”, declarou ele, dizendo ainda ter dificuldade com o ritmo das coisas.

Uma prova desse ritmo dissonante, por exemplo, é que Syd passava longos períodos principalmente isolado. Questionado sobre ter algum contato com o antigo colega, Roger Waters chegou a declarar que não seria bom para a saúde mental de Barrett se eles se vissem. Apesar disso, muito do estilo do músico permeou o Pink Floyd ao longo dos anos.

Saiba o que aconteceu com a carreira de Syd

syd barrett

Syd chegou a lançar álbuns solo e deixou canções nunca divulgadas

Contando com diversas faixas não lançadas, Syd Barrett teve uma carreira musical bastante curta. No Pink Floyd, ele permaneceu por cerca de 2 anos. Embora tivesse um estilo único, sua performance foi muito comprometida pelo uso de drogas como o LSD. Especula-se que, além disso, sofresse também com surtos de esquizofrenia.

Após a saída da banda, ele ficou isolado por pouco mais de um ano. Foi quando a EMI e a Harvest Records o convidaram para lançar discos solos. The Madcap Laughs e Barrett foram lançados em 1970. Na época, ele começou a flertar especialmente com o blues.

O mais interessante é que, mesmo longe do grupo, Barrett recebeu ajuda direta de Roger Waters e David Gilmour. O segundo álbum solo foi, inclusive, produzido por Gilmour. Após esse período, a carreira teve algumas poucas apresentações e o músico escolheu passar anos fora do público. Ele faleceu em 2006, após mais de 30 anos recluso.

Veja quem foi influenciado por Syd Barrett no mundo da música

pink floyd com syd barrett

Os integrantes do Pink Floyd mantiveram algum contato com Syd

Apesar de ter ficado longe da mídia por muitos anos, isso não significa que Syd Barrett tenha sido esquecido. Pelo contrário, a cada rumor de possível aparição, os fãs iam à loucura. Há inclusive relatos de pessoas que garantem tê-lo visto pelas ruas de Londres. No entanto, pouco foi confirmado.

O que acontece é que, pelo que se sabe, Syd se tornou um pintor de arte abstrata e exímio jardineiro. Ainda assim, a profissão de guitarrista ainda lhe foi a mais importante. Uma prova disso é que David Bowie lhe considerava um ídolo. “Ele era meu diamante”, chegou a escrever ao saber de sua morte.

Nomes como Paul McCartney, Jimmy Page e Sex Pistols também expressaram alguma admiração pelo guitarrista. A banda, por sinal, chegou a negociar inclusive uma participação especial do músico na década de 70. Contudo, a colaboração não chegou a acontecer.

A verdade é que os integrantes do Pink Floyd também eram grandes fãs. Durante a gravação do Wish You Were Here, que é considerado um título homenagem a ele, Syd chegou a aparecer na Abbey Road para as gravações. A faixa Shine On You Crazy Diamond foi escrita como um tributo ao músico.

Quando questionado sobre o que teria achado da canção, Barrett teria dito que soava um pouco “velha”.

Convém dizer que Syd se tornou uma espécie de lenda por seu comportamento. Há referências sobre sua existência em toda a cultura pop, inclusive na série House, por exemplo.

Confira os maiores sucessos de Syd

syd barret em 1970

Syd Barrett manteve uma aura de mistério

Apesar do Pink Floyd ter sobrevivido muito bem sem Syd Barrett, a verdade é que guitarrista possuía muito talento. Tanto que, mesmo com uma carreira curta, emplacou sucessos que se mantêm admirados até hoje.

Veja exemplos:

  • Arnold Layne | single (1967)
  • Lucifer Sam | single (1967)
  • Octopus | Disco: The Madcap Laughs (1970)
    The Scarecrow | Single: “See Emily Play”  (1967)
  • Astronomy Domine | Disco The Piper at the Gates of Dawn’ (1967)
  • Opel | Disco: Opel (1988)
  • Effervescing Elephant | Disco: Barrett (1970)
  • Baby Lemonade | Disco: Barrett (1970)
  • Gigolo Aunt | Disco: Barrett (1970)
  • Dark Globe | Disco: The Madcap Laughs (1970)
  • Terrapin | Disco: The Madcap Laughs (1970)
  • Here I Go | Disco: The Madcap Laughs (1970)
  • No Man’s Land | Disco: The Madcap Laughs (1970)
  • Dominoes | Disco: Barrett (1970)

Muitas das faixas lançadas após a saída de Syd Barrett do Pink Floyd passaram a, no entanto, ser revisitadas anos depois. Seu isolamento e, mais tarde, sua morte, aumentaram e mantiveram o interesse pelo músico.

Em resumo, Syd Barrett foi um músico fundador do Pink Floyd, mas que deixou a banda precocemente. Com questões de vício e de saúde mental, viveu recluso por anos, embora sua genialidade tenha conseguido se manter. Mas apesar de ter morrido já há alguns anos, continua na memória dos fãs.

Você é fã de Syd? Conhecia sua trajetória? Deixe um comentário e opine: você acha que a banda teria sido diferente se ele não tivesse deixado o grupo?