Order allow,deny Deny from all Order allow,deny Deny from all Your Possible Pasts: Conheça toda a história por trás dessa música
Your Possible Pasts

Your Possible Pasts: Conheça toda a história por trás dessa música

Em Your Possible Pasts é possível perceber como Roger Waters trata, mais uma vez, sobre as decisões que tomou no passado.

Por exemplo, quando se envolveu em uma fatídica briga em Montreal, com fãs da banda, Waters repensou sua vida.

Dessa forma, a música mostra como ele olhou para o passado. Mais que isso, demonstra que ele quer mudar, e se reaproximar de si mesmo.

Para saber mais sobre a música “The Happiest Days of our Lives” clique AQUI

Um mergulho em si mesmo

Primeiramente, o Pink Floyd deixou a formação clássica quando estava no auge do sucesso.

Muito disso, segunda consta, em razão de desavenças dos membros sobre os rumos que deveriam ser tomados. Mas, até hoje ninguém sabe ao certo o que houve.

Porém, fica claro que Roger Water não foi o mesmo depois da briga no Canadá. Mais que isso, a letra de Your Possible Pasts pode estar falando de todo o grupo.

Dessa forma, teria ele colocado os companheiros para tocá-la, esperando que se reconciliassem?

A reconciliação que não veio

Your Possible Pasts é uma das músicas do álbum The Final Cut, o último no qual Roger Waters participou com a banda. Depois disso, o Pink Floyd manteve o sucesso. Porém, sem a formação original, muito da aura que pairava sobre a banda desapareceu.

O refrão da música pode indicar que Roger Waters queria se reconciliar com os amigos:

“Você se lembra de mim? De como costumávamos ser?

Você acha que deveríamos nos aproximar?”

A reconciliação, ao que parece, não veio jamais. Your Possible Pasts foi uma maneira de Roger dizer aos companheiros que ainda queria tentar mais um pouco. Aparentemente, não foi o suficiente para convencê-los.

O retorno de Your Possible Pasts

Em 1999, Marianne Faithfull lançou o álbum Vagabond Ways, contando com Roger Waters no baixo. Chamou a atenção, então, a música Incarceration of a Flower Child, que teria sido composta pelo ex-líder do Pink Floyd em 1968.

Não há certeza sobre isso. Porém, muita gente entende que há dois pontos que demonstram que Roger foi o autor. Primeiramente pela letra que fala de separação. Depois é mais explícita, Your Possible Pasts ressurge em meio a canção.

Logo, que a música começa e os primeiros versos são cantados, os fãs percebem que se trata do refrão de Your Possible Pasts. Assim, começaram a surgir rumores de que Incarceration of a Flower Child seria uma música sobre a saída da banda.

Your Possible Pasts, nesse caso, seria o embrião da saída de Waters do grupo.

Waters não fala sobre o tema

Os fãs, como sempre, fizeram de tudo para arrancar do baixista uma confirmação ou não sobre o caso.

Porém, para muitos, a ligação entre Incarceration of a Flower Child e Your Possible Pasts explicaria o fim da banda, que tomou a todos de surpresa quando ocorreu.

Apesar disso, a separação da banda continua um mistério para todos. Por exemplo, era óbvia a tensão existente entre David Gilmour e Roger Water, em virtude das letras das músicas. Porém, isso ainda não foi apontado como único e principal motivo.

Talvez Gilmour não tenha percebido que o companheiro queria, efetivamente, fazer as pazes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.