As origens do nome Pink Floyd
As origens do nome Pink Floyd Foto: YouTube

Preparamos esse artigo para que você saiba as origens do nome Pink Floyd e entenda um pouco mais sobre a melhor banda de rock do mundo.

Está aí uma banda que nunca saiu de moda, sempre toca o coração de quem ouve e tem uma história digna de uma banda de rock. Seus membros são icônicos, suas músicas esplêndidas e as suas ideias inspiradoras, e o nome da banda, Pink Floyd, inesquecível.

No entanto até hoje a banda influencia aqueles que veem na música, inspiração e satisfação, e as músicas compostas a mais de 40 anos atrás, ainda tocam nas rádios, nos celulares, no Youtube e, além disso, alguns dos antigos membros fazem apresentações solo tocando algumas das músicas que foram compostas durante aquele período.

O Pink Floyd, portanto ficou no imaginário tanto na mente dos fãs, quanto de seus fundadores.

A história da banda contudo, começa muito antes do que parece, e remonta os períodos de estudos no Regent Street Polythecnic na cidade de Cambridge no interior da Inglaterra.

Portanto naquele período Nick Manson, Roger Waters e Richard Wright estudavam no mesmo lugar na faculdade e ao conhecer o companheiro de estudos Clive Metcalfe, decidiram entrar na banda já existente de seu colega o Tea Set.

Contudo depois de várias mudanças nesse line up (Juliette, Gale, Clive Metcalfe, Bob Klose, Chris Dennis) e também de outros projetos paralelos (Sigma S, The Architectural Abdabs, Megadeth T-Set), é nesse momento que Nick Manson (bateria), Roger Waters (baixo) e Richard Wright (teclados) conhecem Roger Keith “Syd” Barrett, complementando a formação do Tea Set com um guitarrista- vocalista. Esse seria fundamental para a estabilidade e equilíbrio da banda naquele momento.

Continue  a leitura para saber as origens do nome Pink Floyd!

A contribuição de Barrett para o Tea Set

 

A importância de Barrett para a estabilidade do Floyd foi significativa, tendo em vista a expressividade, criatividade e habilidade performática do músico em palco.

Barrett trazia à banda o elemento que faltava para que o Tea Set pudesse desenvolver uma atividade musical que pudesse superar e sair do underground psicodélico de Londres e, quem sabe um dia, atingir as paradas de sucesso.

Syd Barrett dispunha de um talento que o diferenciava em relação à outros músicas. As inovativas linhas de guitarra e a exploração de técnicas experimentais como a dissonância, distorção e feedback, influenciaram muitos músicos e contribuiu para que o Tea Set fosse notado no underground.

Continue a leitura para descobrir as origens do nome Pink Floyd!

Isso atrairia a atenção de selos e gravadoras no futuro. Além disso, Barrett tinha vocais que possuíam uma característica marcada pelo sotaque inglês.

Além disso e não menos importante, uma grande contribuição para a banda foi a mudança do nome do Tea set, foi dele quem surgiu a ideia de nomear a banda de Pink Floyd.

Barrett participou ativamente na escrita das músicas e nas composições de linha de guitarra, e no momento que integrou a banda, ele já estava na estrada fazendo os shows.

Tea Set

 

Em 1965 durante uma das performances que a banda faria, tocariam com um grupo de mesmo nome chamado Tea Set, então foi ali, naquela hora e no calor do momento, que Barrett sugeriu um nome peculiar para a banda nova, Pink Anderson Floyd Council. Nascia então a origem do nome Pink Floyd.

A ideia foi inspirada no nome de dois músicos referência no mundo do blues. Engraçado é ver como Barrett se inspirava na cena da época para pensar em nomes criativos, tendo em vista que seu próprio apelido vem de um baixista de jazz daquele período.

O nome depois mudaria para The Pink Floyd e por fim, assumiria o nome que conhecemos hoje em dia.

 

The pink side of the moon

 

A história de Pink Anderson começa em doze de fevereiro de 1900 na cidade de Laurens na Carolina do Sul, Estados Unidos.

Foi um blueseiro caracterizado por fazer e tocar o estilo piedmont blues e country blues, tocando guitarra, gaita e cantando músicas compostas e covers de outros antigos blueseiros.

Sua vida, todavia, não nasceu no blues. Em 1914 ele se junta ao Dr. Kerr Indian Remedy Company, uma espécie de empresa de entretenimento a qual Anderson atuou durante dois anos.

Contato com o Blues

 

Em 1916 ele conhece Simmie Dooley em Spartanburg, e lá ele entra em contato com o blues, aprendendo a cantar as músicas do estilo.

Lá ele fica até 1957, tocando e refinando sua técnica de blues. Naquele ano de 1957, problemas no coração fizeram com que Anderson ficasse em repouso, se retirando de atividade. O blueseiro foi gravado por Paul Clayton na Virginia State Fair e apareceu no filme The Bluesman de 1963, mas nesse período já possuía as capacidades motoras drasticamente reduzidas, devido à um acidente vascular cerebral em 1960. Com diversas complicações de saúde, o blueseiro carismático e conhecido entre os músicos, morreu em 1974 em decorrência de um ataque cardíaco.

Pink Anderson foi inspiração para muitos músicos, e deixou uma notável contribuição para o Blues. Seu filho ficou conhecido como Little Pink Anderson e mora em Vermillion na Dakota do Sul. Não foi a toa que Barrett se inspirou nesse antigo bluesman para nomear o antigo Tea Set. Mas não foi apenas com o nome de Anderson Pink que Syd utilizou.

 

The Floyd side of the moon

 

Floyd Council nasceu no dia dois de setembro de 1911 e começou sua carreira musical aos 20 anos de idade na cidade de Chapel Hill na Carolina do Norte. Floyd, gravou mais de 25 músicas durante sua carreira e sete delas esteve acompanhado de Blind Boy Fuller, um dos mais icônicos guitarristas e compositores da gravadora Piedmont .

Aos 60 anos de idade o bluseiro sofreu um derrame cerebral, e desta maneira ficou parcialmente paralisado, tendo sido reduzida sua capacidade motora de maneira significativa, ainda que o acidente vascular cerebral tenho impactado na coordenação motora, Floyd ainda continuou bastante lúcido.

As origens do nome Pink Floyd

 

Um folclorista da época, chamado Peter B. Lowry buscou gravar e registrar as músicas, voz e habilidade de tocar a guitarra de Floyd durante os anos 70, mas esse já estava com a coordenação motora muito debilitada para conseguir executar o que o folclorista pedia. Todavia, ficou o registro de que ele possuía uma mente afiada e preparada para qualquer pergunta.

Durante o ano de 1976, entretanto, o antigo bluseiro teve um ataque cardíaco depois desse  mudar de cidade, indo para Sanford, Carolina do Norte. Lá ele foi enterrado no Cemitério White Oak AME Zion.

Portanto apresentamos a você um pouco das origens do nome Pink Floyd

Esperamos no entanto que o artigo tenha ajudado a esclarecer suas dúvidas. Curta nossas redes sociais e compartilhe com seus amigos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.